4 cuidados ao escolher um BOM curso de francês

Já falamos sobre como falar francês pode dar um up na sua vida, seja profissional, acadêmica ou pessoal, mas, você já parou para se perguntar o que deve levar em consideração ao escolher o melhor jeito de começar a aprender francês? Separamos 4 tópicos que achamos muito importantes e que precisam ser levados em consideração na hora de escolher o melhor jeito de começar seus estudos do idioma. 

 

1- Ser nativo não é sinônimo de ser professor

Você já deve ter visto por aí inúmeros anúncios de nativos que prometem ensinar o idioma de uma maneira incrível e rápida simplesmente por terem nascido em um país francófono. A verdade é que o ato de ensinar requer muito esforço e estudo. Um verdadeiro prof de francês possui formação na área e, frequentemente, participa de formações para manter a didática e as metodologias de ensino do FLE (Français Langue Étrangère) em dia. Não é porque você nasceu no Rio de Janeiro que, necessariamente, sabe sambar, não é mesmo?

 

2- Metodologia

Estamos em 2020 e écouter et répèter não está com nada há muito tempo! Um bom curso de francês deve possuir um método de ensino atualizado e que faça uso de conteúdos e ferramentas atuais, pois estas auxiliam os alunos no desenvolvimento natural das estratégias de leitura, escuta, escrita e fala do idioma.

 

3- O francês é cultural

Falado em todo o mundo, o francês é uma língua muito rica culturalmente, afinal é falada em diferentes países, com diferentes culturas e em diferentes continentes. Além da reconhecida ligação com a gastronomia, a moda, a beleza e a diplomacia, o francês possui um acervo de incontáveis obras que podem (e devem) ser exploradas durante o seu aprendizado! Aprender o idioma sem descobrir essa imensa bagagem cultural é como ir ao cinema e só assistir aos trailers (que por aqui chamamos de bande annonce).

 

4- Certificação

Uma ótima forma de constatar se realmente aprendemos uma língua é através da certificação. O teste de proficiência em inglês é chamado de TOEFL (e você já deve saber disso) e o francês também possui certificados de proficiência como o DELF / DALF (reconhecidos pelo Ministério de Educação francês), o TCF e o TEF – Canadá. Um bom curso de francês deve ser capaz de te preparar para todos os exames de certificação.

Voilà! Com essas dicas você já possui mais informações para dar o próximo passo e começar ainda este ano seu aprendizado do francês. 😉

Fale conosco

Não estamos online agora, mas você pode nos enviar um email e te responderemos o mais rápido possível.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt
0

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar