O mundo é minha pátria

A Aliança Francesa apresenta, na quinta-feira, 02/02, a abertura da exposição "O mundo é minha pátria: a migração haitiana e senegalesa no Brasil", dos fotógrafos Diego Vara, Mateus Bruxel e Tadeu Vilani, do jornal Zero Hora, de Porto Alegre. Os fotógrafos acompanharam de perto o dia a dia e os desafios desses migrantes que vieram ao Brasil na busca por um futuro.

O resultado desse trabalho fotográfico, composto por 40 imagens coloridas e em preto e branco, dá espaço para a discussão das políticas migratórias em terras brasileiras, que recebem homens e mulheres que buscam uma colocação no mercado de trabalho, seja na construção civil, em frigoríficos, atuando em serviços gerais, postos de gasolina ou restaurantes. Hoje, existem mais de 50 mil haitianos em território brasileiro, principalmente nos estados do sul. A imigração senegalesa é mais recente, mas os objetivos dos migrantes são os mesmos: encontrar um emprego no Brasil e poder enviar dinheiro para casa.
O mundo é minha pátria é uma iniciativa da Aliança Francesa de Porto Alegre, Consulado Geral da França no Brasil, Sistema Fecomércio RS/Sesc e Prefeitura de Porto Alegre.

Durante a abertura da exposição, a Aliança Francesa, em parceria com a ONG Viva Rio, promove evento que reúne fotografia, música e gastronomia do Haiti e Senegal, com participação especial do cantor haitiano Rebel Layonn.

Inauguração
Data: Quinta-feira, 02/02
Hora: 18h30
Local: Galeria da Aliança Francesa Botafogo – Rua Muniz Barreto, 730
Entrada franca

Visitação: de 03 a 23/02
de segunda a sexta-feira: das 10h às 20h*
sábado: Das 9h às 13h
*Entre as 10h e 14h, entrada pela secretaria da filial de Botafogo