VOIR DU PAYS
Com presença da diretora Delphine Coulin

VOIR DU PAYS (FRANÇA, 2016). De Delphine Coulin & Muriel Coulin. Com Soko, Ariane Labed, Karim Leklou. Drama. 102’.
Classificação: 16 anos

Duas jovens amigas, que servem ao exército de seu país, retornam de um período de serviço no Afeganistão. Como é de praxe, elas devem passar um tempo de readaptação e descanso em hotel de luxo, no Chipre.

A NOIVA DE TÓQUIO

TOKYO FIANCÉ (BÉLGICA, FRANÇA, CANADÁ, 2015). De Stefan Liberski. Com Pauline Etienne, Taichi Inoue, Alice de Lencquesaing. Comédia. 100'.
Classificação indicativa: livre

Amélie é uma jovem belga sonhadora e apaixonada pelo Japão. Ela retorna à Tóquio a fim de se tornar uma verdadeira japonesa. Professora de francês, ela tem um único aluno com quem tem um romance. Um conto encantador sobre amor, ternura e descobertas culturais.

BOA SORTE ARGÉLIA

GOOD LUCK ALGERIA (FRANÇA/BÉLGICA, 2016). De Fami Bentoumi. Com Chiara Mastroianni, Franck Gastambide, Sami Bouajila. Comédia romântica. 90'.
Classificação indicativa: livre

Sam e Stéphane, dois amigos de infância, são um sucesso na fabricação de equipamentos para esquiagem, até surgir uma ameaça em seu negócio. Para salvá-lo, eles embarcam numa aposta louca: Sam qualificar-se para os Jogos Olímpicos na Argélia, o país de seu pai. Além da prática esportiva, esse desafio fará com que Sam se reconecte com algumas de suas raízes.

SOLTEIRO, CASADO, DIVORCIADO

YALLA3A2BELKON (LÍBANO, 2014). De Elie Khalife. Com Darine Hamze, Nada Abou Farhat, Nibal Arakji. Comédia. 100’.
Classificação indicativa: livre

É uma comédia libanesa sobre relacionamentos. O filme nos mostra através dos olhos dos homens como é difícil hoje em dia ter um relacionamento adequado, baseado no amor, respeito, princípios e valores ... Será porque vivemos em uma sociedade onde tudo se tornou tão fácil? Esses personagens encontrarão o amor verdadeiro? O verdadeiro amor ainda existe? Por que não podemos lutar pelo que temos em vez de dar as costas quando surge um problema? Estamos olhando para as razões erradas para se casar? Uma vez casados, como podemos manter o casamento vivo? Todos os homens são traidores?

KEEPER

KEEPER (SUÍÇA/BÉLGICA/FRANÇA, 2016). De Guillaume Senez. Com Kacey Mottet Klein, Galatéa Bellugi, Laetitia Dosch. Drama. 95'.
Classificação indicativa: 12 anos

A história de dois adolescentes que estão prestes a ter um bebê. Depois de decidirem que vão mantê-lo, eles precisam lidar com seus pais e também sua vida cotidiana.

MONTREAL, A BRANCA

MONTREAL LA BLANCHE (CANADÁ, 2016). De Bachir Bensaddek. Com Karina Aktouf, Rabah Aït Ouyahia. Drama. 97'.
Classificação indicativa: livre

Kahina é uma popstar argelina que abandonou seu país durante a Guerra Civil e migrou para o Canadá para viver em paz e com privacidade. Na noite de Natal ela entra num taxi de Amokrane, um imigrante argelino que a reconhece e a força confrontar questões acerca de sua identidade pessoal e a assimilação cultural conforme seus costumes e histórias pessoas se encontram.

TEMPESTADE

TEMPÊTE (FRANÇA, 2016). De Samuel Collardey. Com Dominique Leborne, Mailys Leborne, Matteo Leborne. Comédia dramática. 89'.
Classificação indicativa: 14 anos

Aos 36 anos, Dom é um marinheiro a bordo do Petit Gael II, um barco de pesca do porto de Sables d'Olonne, numa temporada de três semanas no mar. Desde seu divórcio, um ano atrás, sua filha Mailys, e seu filho Matteo, escolheram viver com ele, apesar de sua ausência. Quando Mailys fica grávida, Dom percebe que ele deve fazer escolhas.

SAMBA

Samba - Com presença da diretora Delphine Coulin (FRANÇA, 2014). De Eric Toledano & Olivier Nakache. Com Omar Sy, Charlotte Gainsbourg, Taham Rahim. Comédia. 118’.
Classificação indicativa: livre

Samba é um imigrante do Senegal que vive há 10 anos na França e, desde então, tem se mantido no novo país às custas de empregos pequenos. Alice, por sua vez, é uma executiva experiente que tem sofrido com estafa devido ao seu trabalho estressante. Enquanto ele faz o possível para conseguir os documentos necessários para arrumar um emprego digno, ela tenta recolocar a saúde e a vida pessoal no trilho, cabendo ao destino determinar se eles estarão juntos nessa busca em comum.

COR DA PELE: MEL

COULEUR DE PIEL: MIEL (FRANÇA/BÉLGICA, 2012). De Jung, Laurent Boileau. Animação. 74’.
Classificação indicativa: livre

Aos cinco anos, Jung foi achado nas ruas de Seul por um policial. Encaminhado para adoção, ele foi morar com uma família na Bélgica, onde cresceu e se tornou cartunista, sem jamais retornar ao seu país de origem. Aos 42 anos, ele decide revisitar Seul. Misturando animação e documentário, o diretor cria uma jornada autobiográfica na qual relembra sua infância, sua história e aborda antigos fantasmas que o assombram até hoje: seus pais biológicos e sua condição de estrangeiro em uma família e um país que não o pertencem.

OS DESASTRES DE SOFIA

LES MALHEURS DE SOPHIES (FRANÇA, 2015). De Christophe Honoré. Com Anaïs Demoustier, Golshifteh Farahani, Muriel Robin. Comédia. 106'.
Classificação indicativa: livre

Uma livre adaptação do livro infantil de mesmo nome, escrito pela Condessa de Ségur. A história se passa no século XIX, quando uma garota faz diversas maldades com a ajuda do primo, até uma tia lhe mostrar o bom caminho.

A mostra

A 6a edição da MOSTRA DE FILMES FRANCÓFONOS acontecerá de 20 a 24 de março no Cinemaison e na Aliança Francesa de Rio de Janeiro. A Mostra é realizada em parceria com o Consulado Geral do Canadá, o Consulado Geral da Bélgica, o Consulado Geral da Suíça e Consulado Geral do Líbano no Rio de Janeiro, com o apoio do Institut Français e da Aliança Francesa.

A Semana da Francofonia é um evento anual que tem como objetivo divulgar as culturas dos diferentes países que integram a Organização Internacional da Francofonia, com sede em Brasília (OIF). É nesse intuito que a MOSTRA DE FILMES FRANCÓFONOS traz uma seleção de filmes inéditos no Brasil, de modo a destacar a pluralidade da língua francesa e sua influência cultural.

O filme de abertura deste ano será VOIR DU PAYS (2016), vencedor do prêmio de melhor roteiro da seleção “Un certain regard” no Festival de Cannes 2016. A sessão acontecerá com a presença da diretora Delphine Coulin, que é também a autora do livro que serviu de base para o filme. Pouco antes da sessão, Delphine e o escritor brasileiro Paulo Lins participarão de um bate papo sobre adaptação cinematográfica de obras literárias, baseando-se nas suas principais obras adaptadas para o cinema (SAMBA POUR LA FRANCE e VOIR DU PAYS para Delphine Coulin, CIDADE DE DEUS para Paulo Lins). O bate papo será mediado por Laurent Desbois, autor do livro A ODISSEIA DO CINEMA BRASILEIRO – DA ATLÂNTIDA A CIDADE DE DEUS. Dia 21, na parte da manhã, Delphine apresentará a um público de alunos o filme SAMBA (2014).

A programação da mostra contará ainda com: a premiada coprodução suíço-belga KEEPER (2016), primeiro longa do cineasta Guillaume Senez, protagonizado pela nova estrela do cinema suíço Kacey Mottet-Klein; A coprodução belgo-franco-canadense A NOIVA DE TÓQUIO (2015) de Stefan Liberski, uma comédia romântica adaptada de um livro da escritora belga Amélie Nothomb; A comédia ESTADO CIVIL (2014) de Elie Khalifé, um dos maiores sucessos de bilheteria do cinema libanês dos últimos anos; O drama MONTREAL, CIDADE BRANCA (2016) primeiro filme do canadense Bach Ir Bensaddek, uma adaptação da peça de teatro escrita pelo próprio cineasta, que fala da comunidade argelina de Montreal; E os títulos franceses TEMPESTADE (2015), terceiro longa metragem de Samuel Collardey, que premiou o ator Dominique Leborne no Festival de Veneza 2015 e a comédia BOA SORTE ALGÉRIA (2015) de Fami Bentoumi, uma coprodução franco-belga, estrelada por Sami Bouajila e Chiara Mastroianni, inspirada na história do irmão do realizador, o esquiador Noureddine Maurice Bentoumi.

A programação contará ainda com duas sessões escolares, com os filmes COR DA PELE: MEL (2012) de Laurent Boileau e Jung Henin, um filme autobiográfico de animação que intercala imagens documentais e animadas, sobre a vida do autor de HQ Jung Henin; e OS DESASTRES DE SOFIA (2015), de aclamado diretor Christophe Honoré, uma adaptação do clássico da Condessa de Ségur.

Filmes

VOIR DU PAYS

  infos

A NOIVA DE TÓQUIO

  infos

BOA SORTE ARGÉLIA

  infos

SOLTEIRO, CASADO, DIVORCIADO

  infos

KEEPER

  infos

MONTREAL, A BRANCA

  infos

TEMPESTADE

  infos

Sessões escolares

SAMBA

  infos

COR DA PELE: MEL

  infos

OS DESASTRES DE SOFIA

  infos

Programação

20/03
Segunda-feira
21/03
Terça-feira
22/03
Quarta-feira
23/03
Quinta-feira
24/03
Sexta-feira
Cinemaison
  • 09h30Cor da Pele: Mel
    Sessão escolar
  • 12h45Os desastres de Sophia
    Sessão escolar
  • 15hA Noiva de Tóquio
  • 17hBate papo: Delphine Coulin e Paulo Lins sobre adaptações
  • 19hVoir du pays
  • 09h30Samba
    Sessão escolar
  • 13hBoa sorte Argélia
  • 15hMontreal, Cidade Branca
  • 18hKeeper
  • 20hSolteiro, Casado, Divorciado
Aliança
Francesa de Botafogo
  • 16hSolteiro, Casado, Divorciado
  • 18hA Noiva de Tóquio
  • 16hBoa sorte Argélia
  • 18hKeeper
  • 16hTempestade
  • 18hMontreal, Cidade Branca

Onde assistir

ALIANÇA FRANCESA
DE BOTAFOGO

Rua Muniz Barreto, 730 – Botafogo
ENTRADA FRANCA
SUJEITO À LOTAÇÃO DAS SALAS.

CINEMAISON

Avenida Presidente Antônio Carlos, 58 - Centro
ENTRADA FRANCA
SUJEITO À LOTAÇÃO DAS SALAS.

Realização

Apoio